Governo do DF cria dia de luto pelas vítimas da Covid-19 no calendário oficial

Data, 23 de março, marca dia da primeira morte pela doença em Brasília. Lei foi sancionada pelo governador Ibaneis Rocha.

A primeira morte registrada em Brasília foi de uma paciente de 61 anos, que era enfermeira e atuava como assessora técnica do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Apesar do óbito ter ocorrido em 23 de março de 2020, a confirmação de que era um caso de Covid-19 só aconteceu no dia 29 do mesmo mês.

De acordo com o autor do projeto, deputado João Cardoso (Avante), a finalidade é tratar com seriedade e lembrar da “tragédia de ordem sanitária que tem afetado todo o planeta”.

“Devido a este primeiro óbito por Covid-19 devem ser lembrados, infelizmente, os outros que vêm ocorrendo posteriormente, de maneira a trazer à memória de todos que esse tipo de pandemia deve ser tratada com seriedade, tanto pelos governos quanto pela população, de forma a não permitir a abertura de espaço para se fazer pouco caso desse tipo de mal, cuja letalidade resta comprovada nos números divulgados cotidianamente”, diz o deputado.

Segundo informações da Secretaria de Saúde, até i final de abril, a capital registrou 7.761 óbitos por Covid-19. O número de infectados pela doença chegou a 377.656.

Fonte: G1 DF

Be the first to comment on "Governo do DF cria dia de luto pelas vítimas da Covid-19 no calendário oficial"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*