Os 50 anos do Grupo Bruschetta

Indústria de urnas tradicional e parceiríssima do setor funerário comemora meio século aceitando novos desafios.

Tudo começou com as necessidades de uma empresa funerária e, talvez por isso, o hoje Grupo Bruschetta tenha tanta afinidade com o setor.

O casal Zaira e Ariosto Bruschetta, ambos descendentes de imigrantes italianos, sempre teve disposição para o trabalho. Ariosto tinha tino para negócios e foi dono de selaria, de uma tapeçaria e de uma indústria de móveis, porém, o universo empresarial, já naquela época, era muito competitivo e, devido a um infortúnio do destino, o casal perdeu  os investimentos e posses…

Entre acertos e erros, o casal e os 5 filhos foram acolhidos na fazenda da família da dona Zaira, em Bilac-SP, e apostou novamente no setor moveleiro.

O ano era 1970 e a indústria de móveis passou a atender também as necessidades da empresa funerária local, que era de D. Clarinda – mãe do Sr. Ariosto.

Na época, a dificuldade para encontrar urnas funerárias longe dos grandes centros urbanos era enorme. Não tinha estradas asfaltadas, os pedidos demoravam a chegar e, quase sempre vinham errados. Depois de 4 anos fabricando móveis durante a semana e atendendo a demanda da funerária familiar aos sábados e domingos, Ariosto Bruschetta decidiu focar apenas nas urnas. Nascia assim a Indústria Santa Rita de Urnas – Bruschetta & Cia Ltda.

“O começo não foi nada fácil. Não havia máquinas e o processo era todo artesanal. A madeira era envernizada e precisava secar ao relento. Forro e acabamento interno das urnas eram feitos pela minha mãe e por nós”, conta Zeida Bruschetta, filha do casal, ainda criança nessa fase.

O carinho do patriarca com seus produtos era tanto, que ele pessoalmente entregava as urnas a seus clientes. O primeiro deles foi o Sr. Mário, da funerária Dracena (também interior de São Paulo). Ele comprou 06 urnas, gostou e encomendou mais 50 e passou a 150 unidades logo em seguida.

Era de fato uma empresa familiar e uma das filhas, com 15 anos de idade, passou a trabalhar no escritório da Santa Rita, iniciando uma organização, mesmo que de maneira amadora, na condução da fábrica.

O caçula, Benedito, desde muito pequeno acompanhava o pai e passava o dia brincando na fábrica. Aos 10 anos já operava o torno e foi se familiarizando com os outros maquinários. Aos 12 anos também começou a ajudar na parte administrativa e aos 16 atuava na parte comercial.

E não é que o menino vendia bem? Além de herdar o carisma do pai, Benedito tinha uma boa visão de mercado e, apesar de muito jovem, resolveu expandir suas fronteiras, conquistando clientes em Rondônia, Cuiabá, Porto Velho e Mato Grosso.

A empresa chegou aos anos 80 em prédio próprio e uma certa estabilidade. Mas foi só na década seguinte que o filho José Benedito Bruschetta resolveu se profissionalizar e buscou um curso de administração.

Segunda Geração – Com conhecimento gerencial e Know How de chão de fábrica foi possível realmente conduzir o negócio e em 1994, Benedito Bruschetta comprou as ações do pai e iniciou uma nova era de crescimento.

O setor funerário nessa época estava se reinventando, buscando novidades e os fornecedores que acompanharam essa metamorfose evolutiva foram os que alçaram voos mais altos.

O empresário Benedito Bruschetta – o Dito de Bilac – como já era carinhosamente conhecido,   estava entre os que se lançaram na busca de aprimoramento, qualificação profissional, inovação tecnológica e principalmente aproximação com o cliente.

Entender os rumos da nova empresa funerária foi fundamental para a Indústria Santa Rita, que passou a participar de Feiras, cursos e eventos junto ao setor, tornando-se mais que um fornecedor de urnas, um parceiro do segmento.

O carisma do líder, querido por funcionários e clientes, ajudou, mas a fórmula do sucesso estava na seriedade e na busca pelo conhecimento para condução da empresa. A vocação familiar, lá do começo de tudo, permeia ainda hoje o grupo Bruschetta. Benedito logo trouxe para a Indústria Santa Rita de Urnas a expertise da esposa Adriana, que hoje é quem comanda os negócios.

Em 1998 o casal de empresários aposta na aquisição de uma nova fábrica de urnas: a Montefiori. A união das duas empresas deu início ao Grupo Bruschetta.

Dinamismo – A força do trabalho e a busca pela excelência trouxeram a Indústria de Urnas para o século XXI em grande estilo.

A empresa está instalada numa área de 60 mil m2, no Km 0,50 da Rodovia SP 461, em Bilac – SP. O parque fabril tem aproximadamente 7 mil m2 e conta com um confortável escritório para receber os clientes.

Após investir em modernização do maquinário, revisar os protocolos de fabricação e qualificar os colaboradores, a empresa iniciou um processo de revitalização da marca. A Indústria Santa Rita de Urnas é agora Grupo Bruschetta. O sonoro sobrenome da família trabalhadora e perseverante está em todo o aglomerado que compõe a empresa, como uma chancela de qualidade e confiabilidade.

“Acredito que nossa empresa destaca-se no setor pelo seu trabalho realizado por uma equipe sólida, que envolve colaboradores, diretores, fornecedores e, principalmente, os clientes”, destaca Adriana Bruschetta.

A empresária sempre foi atuante no negócio familiar, mas dirige o grupo desde o falecimento (muito precoce) do marido, em dezembro de 2018. O crescimento baseado na excelência dos produtos, na qualidade de vida dos colaboradores e na parceria com os clientes continua pautando seu crescimento.

O Grupo Bruschetta chega aos 50 anos com muita história para contar e reconhecidamente como uma das maiores e mais modernas empresas de urnas do país. Seus produtos – a maioria, fabricados em madeira maciça – atendem toda a gama de mercado – da linha mais simples a luxo. São muitos opcionais de cores, modelos, detalhes e estruturas para atender empresas funerárias de norte a sul do Brasil, ou quase isso, uma vez que parte da região norte ainda não recebe as urnas do Grupo.

A empresa gera mais de 130 postos de trabalho diretos, muitos deles ocupados por colaboradores com mais de 40 anos de casa. Possui frota de caminhões própria e representantes em 23 estados, além de uma filial na cidade de Russas, no Ceará. Está conectada com sua reponsabilidade socioambiental e desenvolve ações comunitárias, além de ser certificada por seus processos e ações que buscam a preservação do meio ambiente.

Representando a terceira geração na família Bruschetta, a jovem Ana Clara, com apenas 16 anos e no auge de seus estudos colegiais, tem seguido os passos dos pais na busca por conhecimentos e aprendizados.  Espera-se, para ela, um futuro próspero e com muitos desafios, para, então, sabermos sobre seus anseios pessoais e profissionais. Mas, por enquanto a formação intelectual e profissional é a prioridade para ela.

A história de um belo futuro,  aos poucos,  vai sendo escrita. Afinal, este é, apenas, o inicio dos próximos 50 anos.

 

Be the first to comment on "Os 50 anos do Grupo Bruschetta"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*