“Amor, tempo e morte: Essas três abstrações conectam todo os seres humanos da terra”  

A frase é do filme Beleza Oculta e pode ser uma boa dica para esse Dia dos Namorados!

Beleza Oculta é o título nacional de um filme norte americano de 2016. Na trama Howard, vivido pelo ator Will Smith, entra em depressão após uma tragédia pessoal e passa a escrever cartas para a Morte, o Tempo e o Amor, algo que preocupa seus amigos. Mas o que parece impossível, se torna realidade quando essas três partes do universo decidem responder. Morte, Tempo e Amor vão tentar ensinar o valor da vida para Howard.

Sem dar spoiler, o primeiro da nossa lista e apropriadíssimo para esse Dia dos Namorados é o Amor. Sentimento tão romantizado pelas culturas em geral, deve ser visto além do sentimento entre casais e aplicado em todos os segmentos de nossa vida: no trabalho, nas relações familiares e socais, nos estudos, etc.. É esse sentimento mais puro que buscamos a todo instante, em qualquer situação. O amor é o que rege a nossa vontade de estar, de ser e de viver.

Depois vem o Tempo. O tempo é relativo, mas todos nós queremos mais desse bem precioso. E para que? O que você tem feito com ele? Como você tem aproveitado o seu presente diário? O tempo não vai mudar, o que pode mudar é como você o aproveita. Quando estiver fazendo algo faça com consciência, se estiver com alguém, esteja de verdade. Esteja presente no seu presente, valorize seus momentos, até um trânsito ferrado na hora de ir para casa pode ser bem aproveitado se você prestar atenção nos detalhes da vida, se prestar atenção em você.

E, então temos a Morte. É por conta dela que ansiamos o amor e que desejamos ter mais tempo. Quantas vezes já não escutamos “preciso fazer isso antes de morrer”? A morte faz parte da vida e pode ser mais abrangente do que apenas a morte de alguém. Uma cultura, um sentimento, um sonho, tudo isso pode morrer. Mas nem por isso a morte é algo ruim. Ela pode te ensinar muito, te ensinar a dar valor as pessoas que ama, aproveitar os detalhes da vida e ser uma pessoa melhor por exemplo. Tudo depende de como você a vê.

Aproveite ao máximo cada momento da sua vida, sua família, seus passeios, seus aprendizados e você não precisará ter medo da morte.

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em " “Amor, tempo e morte: Essas três abstrações conectam todo os seres humanos da terra”  "

Deixe um comentario

.