SMS impõe critérios para manejo de corpos com suspeita ou confirmação de Covid

Medida publicada no Diário Oficial em 03 de junho parece meio atrasada, mas visa manter a proteção da saúde da população em meio à pandemia do novo coronavírus

A Prefeitura de Maceió, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), estabeleceu critérios para procedimentos no manejo de corpos que estejam com suspeita ou confirmação de contaminação pelo novo coronavírus. Cemitérios, funerárias e unidades de saúde deverão seguir as determinações.

A decisão, que foi publicada no Diário Oficial do Município (DOM) desta quarta-feira (03/06) e  tomada em conjunto com a Diretoria de Vigilância em Saúde e com a Coordenação Geral de Vigilância Sanitária, considera o atual estado de calamidade pública decretado em razão da pandemia do novo coronavírus e a necessidade de proteção da saúde da população.

Dentre as determinações, está a de que a urna funerária que leva o corpo, após ser devidamente lacrada e entregue à família, não deverá ser aberta. Caso o óbito tenha ocorrido em ambiente domiciliar, a família deverá desinfectar todos os ambientes e objetos do domicílio.

Além disso, unidades de saúde não poderão enviar casos de óbito suspeito ou confirmado de infecção pelo novo coronavírus para o Serviço de Verificação de Óbito (SVO). Caso seja necessário, deve ser realizada comunicação prévia, para que o gestor se certifique da capacidade de receber o corpo.

A medida também determina que familiares que contratarem serviço funerário deverão informar ao responsável pelo local se fazem parte do grupo de risco e se tiveram contato com pessoas contaminadas pelo coronavírus, nos últimos dias.

Por fim, a publicação menciona que funcionários das unidades de saúde, cemitérios e funerárias deverão sempre estar munidos com os devidos Equipamentos de Proteção Individual (EPI) a fim de proteger a própria saúde.

Fonte: Pâmela de Oliveira Silva | Portal Gazetaweb.com   

Be the first to comment on "SMS impõe critérios para manejo de corpos com suspeita ou confirmação de Covid"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*