Karl Lagerfeld queria ser cremado

O estilista alemão Karl Lagerfeld , um dos grandes nomes da moda e diretor de criações da francesa Chanel desde 1983, morreu nesta terça-feira 19/02, aos 85 anos de idade.

Há cerca de um ano o estilista disse em entrevista à icônica Paris Match que gostaria de ser cremado. Suas cinzas devem ser espalhadas, juntamente com as de sua mãe e de sua gata, Choupette.

Sua morte foi ao encontro de seus desejos: “não tenho medo de envelhecer, mas quero ter uma morte sem sofrimento”.

Karl Lagerfeld foi hospitalizado na segunda-feira 18/02, depois de ser atendido na emergência da unidade. No mês passado ele não compareceu a um de seus desfiles, fato inédito, mas alegou cansaço. Não havia noticias de que estivesse doente.

O estilista era solteiro e não tinha filhos. Ele teria anunciado que deixaria sua herança para Choupette.

Fonte: El País

Be the first to comment on "Karl Lagerfeld queria ser cremado"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*