Fiscalização autua oito empresas funerárias por irregularidades

Oito funerárias foram autuadas por irregularidades durante uma fiscalização do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) batizada de Operação Finados, realizada nos dias 29 e 30 de outubro, em Fortaleza, no Ceará. A ação teve como objetivo verificar se as empresas do ramo estavam de acordo com as normas do Código de Defesa do Consumidor.

De nove estabelecimentos visitados, apenas um estava regular. Os proprietários têm até dez dias úteis para apresentarem a defesa junto ao Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon).

Segundo o MPCE, a visita era para averiguar se as empresas possuíam Alvará de Funcionamento (AF), Licença Sanitária (LS), Certificado de Conformidade do Corpo de Bombeiros (CCCB), Livro de Reclamações (LR) e exemplar do Código de Defesa do Consumidor (CDC) esses últimos disponíveis aos consumidores, além de constatar se existia a Precificação dos Produtos e Serviços (PREC) e se emitiam Nota Fiscal (NF) ou documento equivalente.

A promotora de Justiça do Decon, Ann Celly Sampaio, disse que o objetivo dessa fiscalização “é garantir a proteção do consumidor em um momento de menos atenção e maior fragilidade emocional, ficando mais vulnerável aos abusos praticados no mercado”.

Fonte: G1 Ceará

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Fiscalização autua oito empresas funerárias por irregularidades"

Deixe um comentario

.