Dada como morta, indiana acorda antes da cremação

Idosa de 76 anos desmaiou enquanto família procurava hospital para interná-la por conta da covid-19 no oeste do país

Uma idosa de 76 anos, que havia sido dada como morta por covid-19 por seus familiares, acordou pouco antes de ser cremada na pequena vila de Mudhale, no oeste da Índia.

A mulher tinha sido diagnosticada com infecção pelo novo coronavírus no início de maio. Após alguns dias em casa, seu estado de saúde piorou e a família a levou para a cidade de Baramati, que fica a cerca de 30 quilômetros dali.

Enquanto os familiares tentavam uma vaga em um dos hospitais da cidade, que estava lotado, a idosa passou mal e desmaiou dentro do carro. Como ela não se movia mais, eles acreditaram que ela estava morta e a levaram de volta para Mudhale, para receber os últimos rituais antes da cremação segundo as tradições hindus.

A idosa foi colocada em um esquife para um rápido ritual de velório antes da cremação. Foi nesse momento que ela soltou um gemido e acordou, chocando seus familiares. Imediatamente, ela foi levada para um hospital da região, onde segue internada.

Com um crescimento brutal no número de casos nos últimos dois meses, a Índia tem hoje mais de 25 milhões de infecções confirmadas por covid-19, o segundo maior número da pandemia no mundo, além do terceiro maior número de mortes, 278,7 mil. Somente nas últimas 24 horas, mais de 4,3 mil óbitos foram registrados.

Fonte: R7 Internacional

Be the first to comment on "Dada como morta, indiana acorda antes da cremação"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*