Cemitério de BH também tem ofertas para a “Black Friday”

O comércio da capital mineira aposta as fichas na Black Friday deste ano, considerada uma das melhores datas de vendas para o comércio varejista. As promoções para sexta-feira, quando acontece anualmente a megaliquidação, vão desde seis sanduíches por R$ 15, rodada gratuita de chope e até descontos de 30% nos cemitérios. Os motéis também não ficaram de fora neste ano e resolveram apostar na Back Monday, com preços até 50% mais em conta na diária ou pernoite.

Neste ano, segundo expectativa dos organizadores, a megaliquidação no Brasil deve superar os R$ 3,15 bilhões, com movimento recorde, o que deve representar um aumento de 21% nas vendas na comparação com o ano anterior.

Em Minas, a movimentação pode ultrapassar os 10% do faturamento nacional (R$ 320 milhões). Belo Horizonte é a cidade com maior representatividade, com mais de 4% das vendas nacionais (R$ 136 milhões).

Além da promessa de descontos de até 90% no comércio varejista, as plataformas de cashback – serviço que devolve ao consumidor uma parte do valor gasto em lojas parceiras – são as apostas de gigantes do varejo para atrair clientes. Entre as lojas que oferecem o benefício estão e-commerces como o da Netshoes, Centauro, Lojas Americanas, Polishop, AliExpress, Amazon e Submarino, além de postos de combustíveis, supermercados, restaurantes, bares, lanchonetes e docerias. A devolução pode chegar a mais de 90%.

Cemitério – Mas as promoções não ficam só com as grandes lojas de varejo. Os cemitérios Parque Renascer e Bosque da Esperança apostam em descontos de até 30% para conquistar a preferência de quem gostaria de planejar o “futuro inevitável”.

Já os motéis apelaram para a segunda-feira. O chamado Black Monday, promovido pela Associação Brasileira de Motéis (ABMotéis) e o Guia de Motéis, vai oferecer 50% de desconto nas diárias.

Prevenção – As compras pela internet ainda requerem cautela para evitar problemas. Em função disso, o portal do Procon-MG disponibiliza dicas para os consumidores, uma delas direciona para o “Evite estes sites”, serviço do Procon-SP que elenca 307 sites que cometeram fraudes ou que não puderam ser encontrados, 126 deles ainda estão no ar.

“Recomendamos comprar em lojas que você já consumiu ou que já conhece”, diz Ricardo Bove, idealizador da Black Friday no Brasil.

Além de fraudes e maquiagem de preços para simular um desconto, os consumidores também costumam reclamar de problemas no acesso aos sites, que ficam sobrecarregados no dia da Black Friday, e dos prazos de entrega dos produtos também ficam comprometidos pela alta demanda.

Fonte: hojeemdia.com

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Cemitério de BH também tem ofertas para a “Black Friday”"

Deixe um comentario

.