Guarda Municipal tenta coibir ação de vândalos em cemitério de Londrina

A Guarda Municipal reforçou o policiamento no cemitério São Pedro depois do episódio em que vândalos destruíram doze túmulos no local – região central de Londrina-PR, na madrugada de sábado (23). O caso aconteceu menos de 10 dia depois da violação de dois túmulos, onde estavam sepultados os corpos de duas mulheres, que podem ter sido alvos de necrofilia. A patrulha noturna da Guarda Municipal tem requisitado à Acesf (Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina) as chaves do local para circular na parte interna da necrópole. Antes desses dois episódios a circulação das viaturas ficava restrita ao entorno do espaço.
A guarda realiza o patrulhamento por setores, mas há dificuldades no monitoramento, porque existe uma única câmera no local. Essa câmera é responsável por monitorar a Acesf, o cemitério São Pedro e o prédio da Economia Solidária. Embora o patrulhamento tenha melhorado no cemitério São Pedro, as rondas nos outros cemitérios permanecem inalteradas – o que é considerado ineficiente.
A cada ação dos vândalos, os cemitérios de Londrina têm ficado com aparência de abandonados, com lápides e gaveteiros de mármore quebrados, puxadores, crucifixos e placas de bronze furtados, estátuas de bronze arrancadas. Muitos têm substituído placas de bronze por placas de alumínio, com o intuito de reduzir o interesse dos bandidos, porque o material possui valor menor de revenda. Mas é visível que muitos jazigos estão deixando de receber a reposição do material.

Fonte: Folha de Londrina

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Guarda Municipal tenta coibir ação de vândalos em cemitério de Londrina"

Deixe um comentario

.