Funcionários de funerária são escoltados após ameaça de linchamento em carreata

Funcionários da nova funerária, Pax Internacional Renascer inaugurada neste sábado (20) no município de Nobres, a 100 km de Cuiabá, resolveram fazer uma carreata na zona rural do município e foram recebidos com agressão por moradores.

Videos divulgados no inicio da tarde, mostram, quando as vans são interditadas por moradores da Vila Bom Jardim, que ameaçam os trabalhadores.

A revolta da sociedade, segundo a comunidade é a estratégia de divulgação utilizada pela empresa que há quatro dias, exibe os carros fúnebres e solta fogos nas principais avenidas da região central do município.

Os carros foram fechados próximos ao Batalhão da Policia Militar na vila, os carros foram apedrejados e segundo o assessor de imprensa que acompanhava a movimentação, eles saíram do local escoltados pois estavam sendo ameaçados de linchamento.

A funerária foi motivo de chacota nas redes sociais, pelo plano de mídia adotado, vários veículos da capital, pautaram o assunto e ironizaram a metodologia aplicada pelos proprietários.

Fartos da postura dos empresários, comerciantes e moradores promoveram um verdadeiro alvoroço e pediram que os veículos fossem retirados e não voltassem ao local.

Entenda o caso

Um vídeo compartilhado nas redes sociais convidando a população do município, para a inauguração do estabelecimento está dando o que falar. O convite virtual foi compartilhado em redes sociais e aplicativos de mensagem. O vídeo, mostra um funcionário que pergunta: faltam quantos dias, meninas? E a demais colaboradoras responder: “três dias!”.

Nas redes, o vídeo gerou inúmeros comentários e críticas. “Meus amigos do Instagram, Facebook e WhatsApp, venho aqui fazer um convite especial, nós da Pax Internacional Renascer estamos inaugurando mais uma sede em Nobres. E você e sua família são nossos convidados especiais. Venham! Dia 20, às 9h da manhã”, diz o porta-voz nos vídeos.

Fonte:Rosário News

Be the first to comment on "Funcionários de funerária são escoltados após ameaça de linchamento em carreata"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*