ABREDIF cria protocolo para transporte intermunicipal de corpos sem registro de óbito

Considerando que pela nova Lei dos Registros Públicos, os óbitos podem ser registrados no local onde ocorreram ou no município de última residência do falecido e, desta forma as funerárias podem precisar transportar  os corpos intermunicipalmente somente com a Declaração de Óbito, a ABREDIF criou um protocolo para ser usado pelas empresas e  salvaguardar-las de inconvenientes.

O modelo do protocolo estará na Revista Diretor Funerário de Dezembro.

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "ABREDIF cria protocolo para transporte intermunicipal de corpos sem registro de óbito"

Deixe um comentario