Vereadores aprovam concessão do serviço funerário em São Paulo

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou, em segunda discussão, a concessão do serviço funerário à iniciativa privada. O líder do Governo, Fábio Riva, promete melhoria no atendimento à população, um dos pontos mais questionados pelos paulistanos.

“A gente procura fazer aqui o texto que contempla aquilo que é a necessidade da concessão mas que, de uma forma ou de outra, dê segurança jurídica a aquilo que a gente aprova aqui na Câmara.”

O vereador Paulo Reis defendeu um tempo maior para a discussão do projeto, diante das implicações aos funcionários e a população. “Por que tanta pressa? O mundo não vai acabar, os cemitérios não vão embora. Não há que fazer as coisas da forma que estão fazendo, de forma açodada.”

Já o vereador Gilberto Natalini reconhece a grave situação dos cemitérios e defende a mudança, mas ressalta a regulação no modelo. “Caminhar de uma forma que os serviços fiquem muito caro, a gente não sabe muito o que o Governo quer. Ele tem errado muito no processo de concessões.”

A aprovação do projeto contou com disputa regimental após pedido de vistas do Partido dos Trabalhadores, e um precedente de 15 anos atrás foi adotado pelo presidente Eduardo Tuma para garantir a discussão do texto do Governo.

Vale lembrar que o atual processo de concessão do Serviço Funerário  Municipal de São Paulo tramita desde 2017.

Be the first to comment on "Vereadores aprovam concessão do serviço funerário em São Paulo"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*