Sem coveiros, família de MG abre sepultura para enterrar idoso

Cemitério municipal estava fechando quando o grupo chegou para o enterro marcado na cidade de Matozinhos, na Grande BH

A família de um idoso teve que preparar a sepultura para o enterro do próprio parente, no Cemitério Municipal de Matozinhos, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Os denunciantes afirmam que encontraram a local fechado, no horário marcado para o sepultamento, embora a funerária tivesse feito contato com a administração.

Um parente precisou ir à prefeitura para pegar a chave do cemitério. Depois disto, um dos filhos do falecido, de 86 anos, ergueu a sepultura do pai com tijolos e cimento. O espaço também precisou ser limpo. A cena foi registrada em um vídeo.

“Minha mãe comprou os materiais e lá mesmo ele virou a massa, fez a massa e foi erguendo as paredes para colocar o caixão”, relata sobre o trabalho feito pelo irmão caçula.

“A gente ficou procurando [os coveiros] e não achamos ninguém. Depois de 40 ou 50 minutos apareceram dois e eles apenas ajudaram a colocar a tampa [do caixão]”, termina.

Procurada, a prefeitura de Matozinhos informou que compete aos proprietários a limpeza e manutenção dos jazigos e que é de competência do governo a limpeza e arborização do cemitério.

Ainda segundo a nota, os serviços de limpeza e capina no local são realizados com frequência pela administração. Segundo a administração municipal, a informação passada pelos familiares de que o cemitério estava trancado não procede.

Fonte R7

Be the first to comment on "Sem coveiros, família de MG abre sepultura para enterrar idoso"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*