Manaus registra recorde de sepultamentos em um único dia

A Prefeitura de Manaus ampliou horário do funcionamento dos cemitérios.

Os locais vão funcionar até 18h. A mudança foi feita em acordo entre a Secretaria Municipal de Limpeza Pública (SEMULSP) e o sindicato das empresas funerárias.

Somente na terça-feira (12), foram registrados 166 enterros, segundo a Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), o maior para um único dia desde o início da pandemia.

O Amazonas enfrenta um novo surto da Covid, e voltou a sofrer com hospitais e cemitérios lotados por conta da doença. Em 12 dias, o número de novas internações pela Covid superou o total de abril e colocou janeiro como o mês com mais hospitalizações pela doença. Até então, o recorde de novas internações havia sido registrado em 4 de maio, com 168 novos hospitalizados.

O Estado registrou 5.810 mortes causadas pela doença e o número de casos passa de 218 mil.

Nos cemitérios, o aumento de mortes voltou a gerar filas de carros funerários na porta. A Prefeitura de Manaus descartou voltar com as valas coletivas, e disse que deve construir mais covas verticais, além de instalar contêineres frigoríficos, para comportar a quantidade de caixões.

Manaus também enfrenta crise no abastecimento de oxigênio – o consumo está 6 vezes maior que o normal – e uma nova variante do coronavírus foi encontrada na cidade. Trata-se da mesma cepa que chegou ao Japão após viajantes passarem pelo estado. De acordo com o pesquisador e vice-diretor da Fiocruz Amazônia, Felipe Naveca, a nova variação apresenta uma série de mutações vistas pela primeira vez.

Fonte: G1 Amazonas

Be the first to comment on "Manaus registra recorde de sepultamentos em um único dia"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*