Cresce número de crematórios em Portugal

São 07 em funcionamento e a previsão de um novo empreendimento em Faro, já para 2020. O país tem 10 milhões de habitantes

A Servilusa – Agências Funerárias – e a Câmara Municipal de Faro, cidade da região do Algarve – sul de Portugal, assinaram um contrato de concessão, por 30 anos, que permite à Servilusa construir e explorar os serviços de cremação na região

Paulo Carreira, diretor-geral de negócios da Servilusa explicou que trata-se de um processo que teve inicio em 2016.  «O novo crematório começa a operar já em 2020 e vai atender todo o sul do País e também a numerosa comunidade estrangeira, que procura muito a cremação», afirmou o executivo.

O investimento previsto para o novo crematório é de um milhão de euros. O empreendimento está dimensionado para realizar entre 700 a 1.000 cremações anuais e o contrato de concessão prevê um desconto de 20% no valor total dos serviços para os residentes na cidade de Faro.

O novo crematório ocupará  390m2  numa área de 1.620 metros quadrados e contará com: Receção, Sala de Estar, Sala de cremação, Capela Ecuménica / Cerimónia, Sala de Tanatopraxia, Sala de Última Despedida, Forno crematório, Equipamento Refrigerador para acondicionar falecidos, um Forno Pirolítico para cremação de restos cemiteriais e um Jardim da Memória, para cinzas.

A Servilusa é a empresa líder de mercado em Portugal, com 63 agencias funerárias e tem já sete crematórios em funcionamento (Elvas, Rio de Mouro, Póvoa de Santa Iria, Cascais, Leiria, Figueira da Foz e Porto/Lapa).

Além de Faro, a empresa deve também construir em breve novos crematórios em Guimarães e Santarém.

 

Be the first to comment on "Cresce número de crematórios em Portugal"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*