Tradições funerárias na China causam 10 mortes e 3 mil incêndios

O Dia de Varrer os Túmulos envolve o costume de queimar objetos como oferenda aos parentes mortos

Dez pessoas morreram em 3.351 incêndios ocorridos na China devido às festividades do Dia de Varrer os Túmulos, na qual é costume queimar objetos como oferenda aos parentes mortos.

As forças de segurança atenderam 8.164 chamadas de socorro por incêndio e resgataram 745 pessoas, afirmou o Ministério da Segurança Pública em um comunicado, no qual faz um balanço das celebrações que terminaram hoje.

No Dia de Varrer os Túmulos – 4 de abril – e nos dias que o antecedem e sucedem, é tradição entre milhões de chineses queimar na rua e no campo dinheiro falso, casas de papel e outros objetos, devido à crença de que seus familiares, em outro plano, receberão essas riquezas.

No trabalho de extinção dos incêndios causados por essas práticas atuaram 92 mil bombeiros, que ficam em alerta máximo durante cinco dias.

Apesar dos números, não houve incêndios de grande extensão, segundo as forças de segurança.

Calcula-se que 14,56 milhões de chineses visitaram os 150 principais cemitérios do país nestes dias.

22Fonte: Exame.com

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Tradições funerárias na China causam 10 mortes e 3 mil incêndios"

Deixe um comentario