Superlotação faz IML ter corpos espalhados pelo chão em Vitória

Os reflexos da manifestação realizada por parentes de policiais militares já é sentida no IML que, segundo os policiais civis está lotado e não receberá mais nenhum corpo

Os policiais civis fecharam o Instituto Médico Legal (IML) e nenhum corpo é recebido no local. A situação acontece desde o início da tarde de segunda-feira (06). O IML estaria lotado e os policiais exigem que seja alugado um caminhão frigorífico para que os corpos sejam depositados nele.

De acordo com  o presidente da Associação dos Peritos Papiloscópicos do Espírito Santo, há corpos espalhados pelo chão e as gavetas frigoríficas que ainda funcionam estão ocupadas.

“Não temos nenhuma condição de trabalhar. Temos 16 corpos espalhados pelo chão, temos 30 gavetas frigoríficas, mas apenas 12 estão funcionando e estão ocupadas. Queremos que o Estado alugue um caminhão frigorífico para colocarmos estes corpos que estão no chão e os que serão encaminhados ao IML”, afirmou.

A preocupação é que os policiais civis correm um grande risco de contaminação com a atual realidade do IML. “Há um total descaso e insalubridade que os policiais enfrentam. Não podemos correr risco de sermos contaminados e contrairmos doenças devido aos corpos espalhados pelo chão”, disse.

Fonte: Folhavitoria.com

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Superlotação faz IML ter corpos espalhados pelo chão em Vitória"

Deixe um comentario