Prefeito eleito de São Paulo quer “desestatizar” equipamentos como Serviço Funerário

“O governo não precisa gerir espaços públicos como autódromo, estádio de futebol, espaço de eventos, serviço funerário ou mesmo a gestão de parques municipais. Vamos entregar isto ao verdadeiro criador de riquezas que são os empreendedores”, disse o prefeito eleito de São Paulo –SP, João Dória (PSDB) ao anunciar Wison Poit, futuro secretario de “desestatização”. Segundo ele, os recursos provenientes das negociações serão investidos em saúde, educação e segurança.

O Anhembi, a iluminação pública e o Parque Ibirapuera devem ser os primeiros patrimônios da Prefeitura de São Paulo a serem negociados com a iniciativa privada no governo do prefeito eleito.

“Acho que nós começamos com esses três projetos e, em seguida, todos vão pegar um bom caminho”, afirmou o  Poit, que comandará a pasta criada para justamente gerenciar as parcerias com empresas e enxugar a máquina pública.

Não há prazos para as privatizações.

 

Fonte: G1

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Prefeito eleito de São Paulo quer “desestatizar” equipamentos como Serviço Funerário"

Deixe um comentario