Partida Final

Partida Final

Pessoas saudáveis pensam em como querem morrer. Pessoas doentes pensam em como querem viver.
Nós funerários recebemos as pessoas depois que estas falecem, agora, quantos de nós sabem, como foi o processo e os dias que antecederam a sua chegada a nossa empresa.
Quanta dor, dúvida, medo, descobertas e novas experiências ela teve no final de sua vida, como isto a mudou e modificou todos que com ela conviveram, isto raramente sabemos e é até difícil de imaginar, não existem duas mortes iguais porque ela é personalíssima, morrer é a finalização de uma história, cada um de nós vive uma história inédita, em um emanharado de outras historias que de certa forma estão interligadas.
Como sugestão aos amigos funerários recomendo, o filme documentário da neteflix, chamado “Partida Final”, ele retrata a realidade de muitas pessoas antes do “final” . Se você é como eu, quer aprender cada dia mais como ser um Diretor Funerário útil e realizado, assista, considero importante termos a consciência de que, a pessoa inerte que retiramos nos hospitais e residências, carregam consigo histórias, que devemos respeitar, cuidando com carinho e profissionalismo, da parte que ficou como símbolo desta história, o corpo desta pessoa. Que as pessoas que ficam (seus familiares e amigos) precisam da nossa orientação e assistência para realizar as homenagens, tanto quanto precisam ter seus sentimentos, e o tempo necessário para assimilar os últimos acontecimentos, por nós observados e igualmente respeitados.

Fraternal abraço a todos funerários do Brasil.
Bom final de semana.
Parabéns as mães funerárias e dos diretores funerários.

Lourival Panhozzi
Diretor Funerário

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Partida Final"

Deixe um comentario

Automatic Content Protection Powered by - Wishlist AutoProtect