Para um novo ano, um novo plano de vida

 

“Ninguém pode voltar atrás e fazer um novo começo. Mas qualquer um pode recomeçar e fazer um novo fim”

 O passado por vezes pode ser esmagador e igualmente castrador numa tentativa de começar a estruturar uma nova forma de vida, ou pelo menos mudar algumas áreas dela. Não queremos voltar a cometer os mesmos erros e enveredar pelos mesmos comportamentos que fizeram que chegássemos onde estamos.

Ainda que este tipo de cenário possa parecer derrotista e a avaliação da sua vida possa ser depreciativa, no reverso da medalha ela transmite uma palavra de esperança.

Se foram as suas ações, pensamentos e atitudes que mais contribuíram para a situação em que se encontra neste momento, pode agora, na posse de nova informação fazer diferente. Tem agora a possibilidade de alinhar e mudar um conjunto de pensamentos, comportamentos e atitudes no sentido de construir uma nova forma de sentir, pensar e agir no mundo.

Para que esse novo começo possa ser eficaz é necessário deixar de auto sabotagem.

Não há formulas para o recomeço, no entanto, para a estruturação de um plano e consequente implementação de um conjunto de mudanças que irão permitir edificar uma base sólida para construir uma nova forma de vida, alguns passos devem ser levados em consideração:

  1. Desapegue-se do seu passado castrador

Você não pode avançar na construção da sua nova vida até que faça tréguas com o seu passado. Não é fácil, mas é importante aceitar as suas perdas, erros, frustrações, decepções e decidir que você está abraçando um novo caminho.

Provavelmente você tem que deixar para trás um negócio, uma casa, um ente querido, um relacionamento, um emprego ou outra coisa qualquer. Mas se deixar, deixe por decisão sua e de bem com a decisão que tomar.

Não esqueça o passado, apenas invista no desapego. Olhe para trás e compreenda à luz do seu entendimento. No exato momento que tiver essa noção, pode decidir ser diferente, e não mais condicionar o seu futuro e bem-estar por rancores, ressentimentos ou punições a si mesmo. O passado foi você que o viveu, mas você é mais que esses acontecimentos, você é aquele que analisa o que lhe aconteceu através da sua memória.

Oriente-se por aquilo que é, por aquilo que quer vir a ser, sentir, pensar e agir. Oriente-se conscientemente pela visão da vida que pretende construir e não necessariamente pelo que viveu no seu passado.

Ficar ancorado a um passado estigmatizante, ainda que com toda a legitimidade, por certo não ajudará em nada. Na posse dessa percepção, desapegue-se das coisas que lhe retiram capacidade, que lhe retiram esperança, que lhe diminuem o humor, que lhe aumentam a negatividade e o ressentimento. Desapegue-se de tudo isso e movimente-se para uma zona mais tranquila onde consiga se enxergar mais capaz.

  1. Desenvolva uma visão para o futuro

Antes que você possa construir uma nova vida, você deve especificar na sua mente o que pretende alcançar, o que pretende viver e como. Desenvolver um plano para a sua vida é essencial não só para vir a ser bem sucedido, mas também para fazer ajustes que lhe permitam continuar alinhado com aquilo que são os seus objetivos de vida.

Assim que  planejar, é hora de colocar suas ideias no papel. Expressar os pensamentos fora da sua cabeça vai ajudá-lo a organizar-se.  Não tenha receio de fazer este processo simples. Você é o principal acionista da sua vida. Invista e aposte nela. Os dividendos disso serão para si mesmo.

Se você tentou e não conseguiu desenvolver uma visão pessoal, recomendo que invista seu tempo na descoberta das suas paixões de vida e dos seus pontos fortes.

  1. Defina metas realistas

O próximo passo para você construir uma nova vida é converter a sua visão num plano real e exequível. A forma de operacionalizar esse processo é através da definição de metas. Por outras palavras, a sua visão define o seu destino desejado. Os seus objetivos e metas são o seu mapa para chegar lá.

Os objetivos devem ser específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e oportunos.  E acima de tudo têm de estar contextualizados com a sua própria realidade. Em geral, os seus objetivos não têm necessariamente que colocar uma pressão avassaladora sobre você. Na verdade, se o fizerem, eles irão ser provavelmente contraproducentes. No entanto, devem focá-lo na direção certa e impulsioná-lo para o destino desejado.

Para começar, eu recomendo criar pequenas metas. Comece  por conseguir  pequenas vitórias iniciais e crie uma dinâmica adequada ao seu ritmo. Pode ainda preparar-se de forma adequada para a possibilidade de vir a encontrar alguns obstáculos que dificultem o caminho que planejou.

  1. Tome um conjunto de ações

Ok, depois de ter criado uma visão para o seu futuro e ter estabelecido algumas metas específicas para obter o que deseja, qual é o próximo passo? Certamente será agir. Ter um plano é ótimo, mas para construir uma nova vida, você deve arregaçar as mangas e começar a trabalhar. O trabalho é a sua terapia. O conjunto de ações que você se propuser a realizar vai permitir reerguer-se, enfrentar a sua crise, reavivar a sua paixão pela vida, e consequentemente promover um melhor sentimento. A cada dia, é importante que você vá colocando uma pergunta tremendamente capacitadora e impulsionadora do seu objetivo.

Motive-se a agir, a fazer coisas que julgue surtirem efeito, mas dê tempo ao tempo. Se algo não der certo, não desespere. Mantenha-se firme na sua visão e tente de novo, eventualmente com outras ações.

  1. Fortaleça a si mesmo ao longo da caminhada

Finalmente, você precisa cuidar atentamente de si mesmo através de um processo de reforço e recuperação. Num objetivo exigente como construir uma nova vida, o desgaste é grande. Abalos, recuos, frustrações, angústias, erros, falhas, desmotivação, tudo isto contribui para o consumo da sua energia. É imperativo arranjar mecanismos de compensação. Sem os mecanismos de compensação você correrá enormes riscos, tal qual um atleta que treina duro e se recupera pouco.  Comer bem, descansar bastante e comemorar as suas vitórias são alimentos necessários para você mesmo.

Pode levar semanas, meses ou mesmo anos para construir uma nova vida. Encontrar maneiras de nutrir-se ao longo do caminho é tremendamente relevante para o êxito. Você precisa trabalhar e manter a sua motivação, educação, disciplina e recuperação para garantir o seu sucesso.

 

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Para um novo ano, um novo plano de vida"

Deixe um comentario