Corpos em macas no corredor em hospital sem necrotério no MS

A falta de necrotério no Hospital Regional de Amambai, a 332 km de Campo Grande, tem causado transtorno a pacientes e familiares.

Fotos registradas por testemunhas mostram o corpo de um paciente que tinha acabado de morrer e foi deixado em uma maca no corredor do hospital.

O corpo ficou exposto aos olhos de quem passasse pelo local até ser levado pela funerária. O paciente era um indígena e estava sem documentos de identificação, por isso, demorou para ser levado pela funerária.

A cena tem sido comum no local, segundo pacientes e familiares. A situação constrangedora chamou atenção de um vereador do município.

O hospital regional de Amambai é de 1974 e nunca teve um necrotério. A atual administração diz que são 10 mortes, em media, no mês. A Prefeitura tem um convênio com uma funerária e, por isso, segundo a direção, os corpos ficam no hospital até serem removidos.O diretor administrativo do hospital explica que a falta de documentação dos pacientes atrasa a retirada dos corpos.

A prefeitura e o hospital estão construindo uma capela mortuária no local onde funcionava o antigo depósito de lixo. A expectativa é que a sala comece a funcionar no inicio de julho.

Fonte: G1 MS

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Corpos em macas no corredor em hospital sem necrotério no MS"

Deixe um comentario