“Sempre haverá alguém mais jovem e esfomeado descendo as escadas atrás de você”

Nossas empresas (funerária) é nossa casa e nos habituamos a nela receber a todos, não apenas as famílias que buscam nossos serviços, mas também amigos, conhecidos, outros diretores funerários e fornecedores, sempre com a mesma cordialidade e de braços abertos, abrimos a todos até nossas almas e quando eles vão embora sabem mais de nós que nossos espelhos, isto é bom?, claro que é, quando falamos também escutamos e assim nos reciclamos, mas não podemos ser ingênuos a ponto de nos esquecer que “sempre haverá alguém mais jovem e esfomeado descendo as escadas atrás de nós”, desta forma, não deixemos de falar, nem de receber, vamos apenas escolher, o que falamos e quem recebemos, não é de hoje que algumas pessoas que adentram a nossas empresas tem se tornado concorrentes ou mensageiros destes, vários fornecedores, que ontem frequentavam “nossa cozinha”,  estão hoje no mercado competindo conosco, direito deles e não se discute direito, da mesma que ninguém pode nos tirar o direito de não querer descer a escada a frente deles.

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "“Sempre haverá alguém mais jovem e esfomeado descendo as escadas atrás de você”"

Deixe um comentario