Parem agora

Parem agora. Para poder seguir a frente.

As pessoas que arquitetaram um processo para mudar a lei dos planos funerários dizem agora que irão nos chamar para discutir o projeto que ainda está, segundo eles, em uma suposta fase embrionária.

Pois bem, vejamos a situação a luz da realidade e da verdade:

1. A mera conveniência e oportunidade de se discutir uma mudança na lei neste momento deveria ter sido antes analisada e aprovada pelas entidades, não sem antes uma ampla consulta a todas funerárias. Quem foi que pediu ou lhes autorizou a dar o início. A quem interessa a mudança? Quais são fundamentos?. Ninguém sabe e quem sabe, até aqui escondeu.

2. Eles dizem que estão em uma fase embrionária mas já estão buscando meios de financiar os custos em Brasília.
Funerarias de São Paulo foram convidadas a colaborar financeiramente, deram azar. Escolheram como embaixador um funerário renegado por todos dada a sua atuação anti-ética e sempre em pró das Seguradoras.

3. Dizem ainda não tem um projeto mas já estão conversando com senadores a respeito. A internet os denunciou.

Afinal, a quem querem enganar?

Fomos desrespeitados e traídos, como Entidade e como Diretores Funerários, colocaram de lado toda nossa luta e história em nome de um engrandecimento e favorecimento pessoal, continuam tramar a mudança na lei e querem nos enrolar com argumentos que não se sustentam e uma camuflagem de retóricas.

Parem agora se querem seguir a frente.

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Parem agora"

Deixe um comentario