Para todo Setor Funerário

Bom dia a todos,

Sempre sonhei, lutei e acreditei em um setor funerário profissional,forte, atuante, independente e principalmente unido, agora quando recebo um e.mail de uma intermediara rasgando toda nossa historia e nos colocando em uma sub condição de categoria profissional e vejo que não poucos aceitam calados esta situação, chego a desaminar, mas só por 5 segundos, o tempo necessário de respirar e saber que ainda não estou morto, já nem sei mais se estou certo em gritar, mas meu peito não aguenta e tenho que dizer o que penso: Somos muito mais do que querem nos tornar, eu sei que sou, sei que muitos são, então o que nos falta, não é coragem, porque somos tudo menos  covardes.

Penso eu que nos falta atitude, desprendimento, aceitar perder pouco para ganha muito, sei que não é fácil, ninguém tá dizendo que é, mas ou deixamos de pensar só no dia de hoje ou o amanhã de nossos filhos será nebuloso.

Nosso setor tem uma tabela referencial de preços a mais de 20 anos, ela é a base de toda nossa operação, qualquer setor serio que queira nos contratar teria, pelo menos em tese, ter esta tabela como indicador, mas eles não fazem isto, não fazem porque não lhes interessa que um setor que com eles compete na comercialização de produtos de assistência funerária tenha independência financeira, não fazem porque aceitamos as condições que eles impõe de forma arbitrária em razão do medo remanescente de um passado onde os planos não eram regulamentados, este medo esta enraizado no nosso subconsciente, e de alguma forma muitos se sentem refém de uma situação que não mais existe.

Meu relato desabafo é em razão como já disse do e.mail que recebi da Mondial onde esta estabelece o quanto custa meu serviço, me digam com toda sinceridade, qual categoria profissional livre aceita que o contratante diga o valor do seu serviço, me digam se quando vocês vão adquirir um serviço qualquer se são vocês que dizem o valor que o prestador poderá lhes cobrar, não quero nada que não seja o meu direito de ter exatamente o tratamento que recebo, quando entro em uma seguradora para fazer o seguro do meu carro não lhes digo o quanto eles podem cobrar, nem estabeleço limites, portanto, como aceitar que façam comigo.

A tabela que recebi da Mondial, sei que muitos vão aceitar, minha resposta vai ser clara e objetiva, minha empresa respeita a sua entidade e estamos a disposição para atender todo e qualquer contratante pelos valores estabelecidos na tabela referencial de preços da ABREDIF, quem sabe se um dia mais ou todos os funerários assim fizerem teremos nossa dignidade corporativa resgatada.

Lourival Panhozzi

Presidente da ABREDIF e SEFESP

Todo o setor funerário repercutiu a mensagem do presidente da ABREDIF, Lourival Panhozzi, publicada no facebook na manhã do dia 04 de abril.

Veja aqui os principais comentários:

“Também estou indignado como você está, Lourival. Colocam preço no nosso serviço!!”

“Absurdo o valor que querem pagar … estou indignada! Temos a nossa tabela referencial para seguirmos!”

“Que horror … indignação é pouco …”

“Atendi uma família em novembro 2016 e estou até agora sem receber … está uma luta.”

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "Para todo Setor Funerário"

Deixe um comentario