O que vestir hoje

Quem consegue imaginar,
O que irá vestir, no dia que não despertar,
Quando todos comparecerem, para te homenagear e lamentar
Seu corpo vão hoje as 17 horas inumar,
Depois que um cortejo pela cidade, lentamente, caminhar
Com você bem vestido em um ataúde, de puro jatobá, que com o por do sol irá brilhar
Afinal, o que importa o que vão te vestir,
Se dentro do esquife, não poderá espernear nem insistir,
Para na sociedade, presente e calada, não deixar de existir
Se no testamento posso livremente assinar,
Meu ultimo desejo vou ali registrar
Que cinco mulheres lindas e de preto, sejam as últimas a me carregar, porque quero, a todos neste dia  enciumar.
Na lápide de mármore carrara  ainda vão gravar
Nome e  sobre nome, é só o que vai ficar, porque sete dias  depois do exaltar,
Ninguem mais no meu jazigo,  flores nem vela irá  depositar.
L.A.P

Data original:
Fonte da notícia:

Seja o primeiro a comentar em "O que vestir hoje"

Deixe um comentario